Quem é meu cliente?

“Afinal, quem é o meu cliente?”. Essa é a primeira vez que você se faz essa pergunta? Então esta dica é para você.

Conhecer os seus clientes é uma tarefa fundamental para desenvolver melhores estratégias de marketing e de prospecção.

 

Diferença entre “cliente” e um “prospect”

A primeira coisa que devemos deixar claro é a diferença entre “cliente” e um “prospect” – ou seja um “talvez futuro cliente”.
É importante você entender que cliente é aquele que já compra de você. Cliente é aquele que dentre outras marcas, escolheu a sua. Dentre outras empresas concorrentes, escolheu a sua. Esse sim é seu “cliente”!

Um “futuro cliente” poderá ou não ser um cliente.

 

E porque eu estou falando isso?

Porque você deve dirigir a sua energia e até mesmo recurso para os dois, não esquecendo seus atuais e bons cliente e focando apenas na conquista de novos clientes. Tenha em mente que uma pessoa que já fez uma compra com você é muito mais fácil que ela volte a comprar e te indique para novos clientes.

Assim como falamos na Dica 20, trabalhe o Pós-Venda com o seu cliente.

 

clientQuem é o seu cliente?

 

Geralmente essa pergunta vem acompanhada de respostas do tipo:

– Qualquer pessoa que queira um doce, que faça uma festa! Todo mundo pode ser meu cliente!!

 

CUIDADO! Não existe o BOM, BONITO e BARATO e NÃO é possível fazer tudo para todo mundo! Você precisa escolher que caminho vai tomar.

 

customerPerguntas Chaves para você descobrir o seu Cliente

 

Qual é/será a sua forma de atuar no Mercado?

  • Praticar preços baixos – escala
  • Praticar preços altos
  • Escolher um nicho – personalização
  • Diversidade ou ser especialista em um tipo de produto

 

Quem é/será o seu cliente?

  • Pessoa Física (noivas, mães, grávidas)
  • Pessoa Jurídica (cafés, restaurantes,buffets, empresas)
  • Perfil do cliente (classe econômica,o que priorizam: qualidade, preço, localização)
  • Tipo de interação (atendimento personalizado, online, praticidade, etc)

 

target (1)

O sucesso do seu negócio de doces consiste apenas em encontrar o público adequado para o produto adequado.

 

 

Conheça Seus Clientes

Você conhece seus produtos e serviços, mais conhece seus clientes?

A regra de vender sempre o mais caro não compensa. Se você entende seu cliente, sabe o que ele pode ou não comprar. Então, que tal oferecer algo de acordo com seu poder aquisitivo?

 

Não Tenha Medo De Perder Tempo

Descubra os hábitos de compra dos clientes. Após definir seu público alvo, fique atendo ao comportamento dos clientes. Como exemplo, quando você está vendendo itens de valor mais alto ou muita quantidade, você vai perceber que estes compradores normalmente demoram mais para decidir.

 

Não Venda Barato Demais

Se o seu produto for muito barato, também tenha cuidado. Você sabia que encontrando promoções sempre, os clientes começam a se questionar sobre a qualidade do produto? Promoção em exagero é sinal negativo: pode ser falência ou simplesmente um produto de baixa qualidade. Nos dois casos, os clientes vão perder o interesse.

Jamais Subestime Um Cliente

Não crie esteriótipos de clientes, supondo o que ele pode ou não pagar. O universo está cheio de histórias sobre clientes mal vestidos que compraram um carro à vista, em dinheiro, mas foram mal tratados pelos vendedores por estes não acreditarem que ele pode pagar. Trate todos os seus clientes como potenciais compradores e isso vai ajudar a sua imagem e do seu negócio. Um cliente que está precisando apenas de um bolo de aniversário simples hoje pode voltar na próxima semana e comprar uma festa inteira.

 

Esse conteúdo foi útil pra você?

Escreva nos comentário o que você achou!!! Beijão

Compartilhe com seus amigos
Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Print this page
Print

Deixe o seu comentário abaixo